Sensor de velocidade alta

O Blink HS foi projetado especificamente para a medição de lasers ultrarrápidos com taxa de repetição na gama de 1kHz – 1MHz e durações de impulso até fs. É baseado numa nova tecnologia (patente pendente) que permite a combinação da resposta rápida de um fotodiodo e o funcionamento em banda larga e alta potência de uma termopilha.

BM-W-20W-14-T

14mm x 14mm, 1mJ – 10mJ

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS
 

PROJETADO PARA LASERS ULTRA-VELOZES:
taxa de repetição: 1kHz – 1MHz

OPERAÇÃO DE BANDA LARGA:

250nm-1100nm; 10600nm

POTÊNCIA MÉDIA MÁX :
20W
MODO DE ENERGIA:
Medição da energia de cada impulso com taxa de repetição de até 1 MHz

Medidor de alta velocidade HSM-1000

CONECTIVIDADE AO PC:

Ethernet

DISPARADORES:
DISPARADORES IN e OUT
SOFTWARE:
GUI dedicado

Cabeça do sensor HS para lasers pulsados de ponta

Os desempenhos do laser de modo pulsado estão em rápida progressão sob a pressão dos pedidos dos mercados eletrônico, telas, automóvel, médico, fotovoltaico (só para citar os mais relevantes), e são atualmente as tecnologias facilitadoras principais para estes mercados.

As novas fontes de ponta estão inquietas e migrando rapidamente dos Laboratórios Acadêmicos para a Indústria, e os produtores estão empurrando os desempenhos do laser para taxas de repetição mais altas (vários MHz), duração de impulso mais curta (femtossegundo e picossegundo), alta energia/impulso (até mili Joules ), potência média mais alta (até várias centenas de Watts), ampla faixa de comprimento de onda (por exemplo, CO2 pulsado em nanossegundos).

Como monitorar metrologicamente dispositivos de ponta tão poderosos numa tal ampla variedade de parâmetros?

Como apoiar a implementação da tendência global da Indústria 4.0 pela Indústria Laser?

A resposta é o NOVO Sensor de Alta Velocidade Blink HS (com patente internacional pendente), uma nova linha de sensores metrológicos baseada nos inovadores conceitos que tem um desempenho de pelo menos 5 (cinco) vezes superior ao atual concorrente de última geração, no que se refere ao parâmetro da taxa de repetição do laser.

Os NOVOS sensores de alta velocidade Blink HS vêm com medidor HSM e GUI HS avançado, perfeitamente adequados para utilização em laboratório (Académico, P&D industrial), bem como OEM

BLINK HS – ESPECIFICAÇÕES

Power Mode
Max. Average Power20 W
Power Calibration Uncertainty± 3%
Energy Mode
Max. Energy10 mJ
Min. Measurable Energy1 µJ
Max repetition rate1 Mhz
Energy Resolution0.25 µJ
Calibration Uncertainty± 5%
Absorber Specs
Aperture14 x 14 mm
TypeT
Spatial uniformity± 3 %
Absorber Spectral Range0.2 - 11 µm
Calibration Spectral Range0.25 - 1.1 µm; 10.6 µm
Max Energy Density (4 ns pulse) 1)35 mJ /cm²
General Characteristics
CoolingWater (a)
Weight170 g
Dimensions60 x 60 x 25.7 mm
Cable length - connector1 m - Hirose IX
Notes
(1). Single shot(a). Water Min. 1 l/min, Max 4 l/min (@ 10-25 °C). Admissible rate of water temperature variation < 1 °C/min.

BLINK HS – DESENHO

Medidor de alta velocidade (HSM) – Hardware

A Laser Point desenvolveu um medidor de alta velocidade (HSM) projetado especificamente para o sensor HS, que é capaz de fornecer uma velocidade de processamento muito rápida de todos os dados adquiridos vindos do sensor HS.

O novo sistema de medição da Laser Point para lasers pulsados com taxa de impulso muito alta amplia a possibilidade de caracterizar impulsos de laser individuais para todas as fontes pulsadas até à taxa de repetição de 1000KHz.

A eletrônica HSM é baseada em chips de última geração com design System On Chip (SoC), integrando em um único chip um sistema de microprocessador multicore, uma unidade de computação DSP (Digital Signal Processing) e um sistema de aquisição de dados em alta velocidade e alta resolução.

O subsistema Hardware permite calcular vários parâmetros do feixe de laser em teste (pico, frequência, energia, potência), calculados em média durante um curto período de amostragem de tempo, mas também detalhar até os valores de impulso único ou trem de impulso, bem como fornecer as estatísticas mais comuns (médias e variâncias) sobre os dados adquiridos e em tempo real. Todos os cálculos são realizados em tempo real sem a interrupção ou limitação de cálculo, graças ao motor DSP integrado que não perde nenhum impulso e garante a confiabilidade absoluta da medição.

 

O DSP é uma unidade completamente reprogramável que pode permitir, no futuro, a adição de novos recursos e evoluções do sistema sem a alteração do próprio hardware, mas com a simples transferência de um novo firmware da placa.

Não menos importante, a eletrônica permite que acompanhe e adquira sinais do sensor a uma taxa de amostragem muito elevada e uma resolução de 16 bits, enquanto a entrada analógica é feita com amplificadores RF (Radiofrequência) de ponta com muito baixo ruído e linearidade muito alta.

Por último, mas não menos importante, as conexões Trigger-IN e OUT e a porta de comunicação com o PC fazem parte do sistema do equipamento de hardware. A porta PC é a Ethernet de última geração, operando a 100 Mbit, mas também em GigaBit Ethernet, capaz de suportar a velocidade máxima de aquisição de dados e transferência para o SW de gestão operando num PC Windows 10.

HSM – DESENHO

HSM – Interface gráfica do usuário

A interface gráfica do usuário (GUI) complementa o novo medidor de potência da Laser Point HSM e é dedicada ao módulo HSM e aos sensores Blink-HS.

Equipado com um motor gráfico de última geração, o software é totalmente compatível com PCs multicore com Windows 10 de 64 bits, dos quais explora todo o seu potencial.

O GUI implementa a gestão gráfica via GPU, pelo qual é possível realizar Zoom, Pan, exatamente como está acostumado a realizar em cada dispositivo moderno de forma fluida e precisa, com benefícios da experiência do utilizador.

A GUI vem com arquitetura multithreading que permite o processamento e exibição dos dados de entrada do módulo HSM diretamente em tempo real, enquanto todas as funções gráficas permanecem ativas. O resultado é a realização da análise e medição dos parâmetros do laser de alta taxa de repetição, mas não só, uma nova experiência para descobrir o comportamento dos lasers modernos que até agora não foi possível com tamanha simplicidade e rapidez.

Obviamente, as funções mais comuns e práticas estão integradas na GUI, tais como: a exibição das formas de onda do sinal adquirido, que graças ao HSM leva a uma resolução de 2ns; comparação da forma de onda, como nos osciloscópios modernos; importar/exportar em vários formatos e modos (CSV, PNG, etc.); além da configuração clássica das cores e gráficos de cada opção GUI.

Por fim, a GUI também não esquece-se de ser o meio de gestão e manutenção do módulo HSM, ao qual oferece total controlo dos parâmetros de Hardware como as polaridades dos triggers, níveis de limites, configuração do modo de osciloscópio, etc. bem como a atualização e diagnóstico do firmware (alarmes, estado).